enCRUZilhada
Seja bem vindo à enCRUZilhada!

Cadastre-se e/ou faça o login para poder comentar.

A leitura é livre em todas as áreas do fórum.

A juventude e Bento XVI

Ir em baixo

A juventude e Bento XVI

Mensagem por Renan em Seg 18 Jul - 16:56

Estamos às portas da jornada mundial da juventude. Lembrei de um texto que escrevi para o tau Francisco há quase dois anos e vou colocar aqui para falarmos do amor ao papa e sobre a jornada.



Segue o texto...

08/10/2009
A juventude e Bento XVI

A juventude católica ama o papa. Nós o vemos de fato como o nome sugere, um pai, que nos guia e nos orienta nas vicissitudes deste mundo. O papa João Paulo II (1978 - 2005) mudou a forma do mundo encarar o sumo pontífice, pessoas das mais variadas expressões religiosas e de diferentes idades o admiravam. Foi um papa simplesmente extraordinário, rompeu os muros do Vaticano e andou pelo mundo como um verdadeiro apóstolo de Cristo. Conquistou o Brasil nas visitas que fez em 1980, 1982, 1991 e 1997 (de fato, em 1982 o papa fez apenas uma breve escala no aeroporto do Rio de Janeiro, quando se encaminhava para a Argentina). Apesar de muito novo, lembro-me bem da minha mãe contando como foi ver o papa por um binóculo em 1991 na esplanada dos ministérios. Era um papa com um carisma impressionante, por onde passava deixava impressas a alegria e a caridade de pertencer ao Autor do amor.

Na década de 80 o papa fundou a jornada mundial da juventude e demonstrou cada vez mais amor pela juventude. De modo particular, a geração que nasceu da segunda metade da década de 70 em diante, cresceu acostumada a associar o papa à figura carinhosíssima de João Paulo II. Ele parecia insubstituível, ninguém dessa geração conseguia imaginar ter um outro papa.

Foi em uma tarde de sábado, dois de abril de 2005, a paróquia são Francisco estava agitada de reuniões, com muitos jovens reunidos, quando chegou a notícia do falecimento do único papa que a maioria dos jovens tinham tido conhecimento. Eu estava na reunião do vinho novo quando a paróquia, em união com milhões de católicos do mundo, simplesmente parou. As reuniões foram interrompidas e as orações foram redirecionadas. Era visível a emoção que tomara conta de todos. Os dias que se seguiram trouxeram perguntas a todos que aprenderam a buscar a Deus dentro da era Wojtyla: o que fazer agora? Como funciona a escolha de um novo papa? As respostas pareciam não apagar o sentimento de desamparo que os jovens sentiam.

Quando em 19 de abril de 2005 fiquei sabendo do novo papa eleito, senti-me feliz, estranhamente feliz, já que não sabia praticamente nada desse novo papa. O cardeal Ratzinger era considerado o braço direito do papa João Paulo II, prefeito da congregação para doutrina da fé por quase 25 anos, presidente da comissão encarregada da preparação do Catecismo da Igreja Católica (CIC), entre muitas outras coisas de magna importância dentro da Igreja católica. Mesmo ele sendo um expoente da fé cristã eu não o conhecia, entre outras poucas coisas eu sabia que as pessoas o julgavam um cardeal ultraconservador, chamado de panzer-Kardinal (cardeal tanque). Foi praticamente com um total desconhecimento que o meu coração se alegrou com a chegada de Bento XVI. A Igreja é conduzida pelo Espírito Santo, o papa é aquele escolhido por Deus para guiar as ovelhas de Cristo, esse era o sentimento que se passava no meu coração. Mesmo sem conhecer, eu sabia que Deus tinha escolhido a pessoa certa, isso alegrava muito a minha alma. Junto com toda a juventude católica, eu sentia que tinha novamente um Pai na fé.

Foi às portas da jornada mundial da juventude em Colônia na Alemanha que o papa João Paulo II passou para a recompensa eterna. Apesar da dor intensa entre os jovens, a jornada foi um sucesso com o papa Bento XVI, o sentimento dos jovens de se reunirem com seu pastor não mudou. A aproximação do novo papa com os jovens (considerada por alguns críticos como lenta, visto a idade e as características conservadoras de Joseph Ratzinger) foi acelerada pela jornada.
Aos poucos fui descobrindo quem era a pessoa por trás do título de papa. Um intelectual gentil, um humilde servo da vinha do senhor. A visão de um alemão frio e conservador que os jornais me passaram não era correta. Eis a frase usada por ele no dia em que foi escolhido para dirigir a igreja: "Consola-me saber que o Senhor sabe trabalhar e agir também com instrumentos insuficientes". Ninguém é suficiente em si mesmo para dirigir a Igreja de Cristo, mas nota-se no discurso de nosso papa uma humildade própria de um servo de Deus. Pedro, o primeiro papa, negou o Senhor, mas se arrependeu e liderou os apóstolos no início da era cristã. Qualquer ser humano está suscetível a fraquejar, o papa estaria livre disso? São Pedro nos mostra que não, por isso todo católico deve amar o papa, rezando sempre na sua intenção.

Fiquei um pouco envergonhado por não conhecer nada sobre o grande cardeal Joseph Ratzinger, então resolvi conhecer mais sobre o atual condutor da barca de Pedro. Dom Terra, bispo auxiliar emérito de Brasília, que trabalhou no Vaticano, por dez anos no "L'Osservatore Romano", junto ao então Cardeal Ratzinger, contou-me que a primeira vez que ele encontrou o cardeal Ratzinger foi recepcionado com um abraço e com muito afeto, o que o deixou surpreso com o carinho e a gentileza expressada. Dom Terra (que tem três doutorados) disse certa vez que este é o papa mais inteligente da história. O papa Bento XVI foi professor de teologia antes de virar bispo, e, apesar de ter uma mente privilegiada, é de linguagem simples e didática, ainda assim bastante profundo nas suas reflexões, muito agradáveis de ler.

Um papa inteligentíssimo, firme nas suas decisões, nada além de um autêntico cristão que defende os ensinamentos de Jesus. Muitos já começaram a se organizar para a jornada mundial com o papa em 2011 (inclusive algumas pessoas da são Francisco). A juventude, depois de um tempo de transição, ama o papa, e encontra em suas palavras a retidão para a vida, em um mundo que vende relativismos e prazeres momentâneos. A dignidade da vida humana, o valor da família, "a caridade na verdade", as bases do cristianismo continuam sobre uma pedra, assim como quis Jesus. O vigário de Cristo, o sumo pontífice, o guardião da fé, o novo pai dos jovens..."E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela" (Mt 16,18). Hoje essa pedra chama-se Bento XVI.
Renan, servo do Rei.

http://www.taufrancisco.com.br/internas.php?id=1475

Interessante que nessa época a conversa sobre nos organizar para ir à jornada era apenas entre alguns amigos, agora vamos em grupo de 100 pessoas. Louvado seja Deus!

Abraços...

__________________________________________________________________________________________________
O amor não pratica o mal contra o próximo.
Portanto, o amor é o pleno cumprimento da lei. (Rm 13,10)

Servo do Rei.
avatar
Renan
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Mensagens : 629
Reputação : 41
Data de inscrição : 12/03/2011

http://encruzilhada.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A juventude e Bento XVI

Mensagem por JuhninhofCN em Seg 18 Jul - 20:57

Louvado seja Deus e Sua Igreja Santa e Católica!!!

Tive a experiência esse fim-de-semana de estar com mais de 150 mil jovens na Canção Nova e já foi maravilhoso! Imagine milhões com nosso amado Papa! Quem diz que a juventude esta perdida não conhece a juventude católica! \o/!
avatar
JuhninhofCN
Membro Fiel
Membro Fiel

Mensagens : 137
Reputação : 8
Data de inscrição : 23/03/2011

http://twitter.com/JuhninhoPHN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A juventude e Bento XVI

Mensagem por Chocanjo em Qua 20 Jul - 15:30

Concordo com o Juhninho, alías tive o prazer de conhecê-lo
também nessa viagem onde presenciamos a força do amor
de Deus na juventude católica. Rezo muito pela Jornada
Mundial da Juventude, que tenho certeza que será abençoada
por Deus e banhada pelo poder do Espírito Santo. Que os jovens
que lá estiverem, possam trazer as bênçãos do Papa para suas
paróquias e familias. Louvado seja Deus!!!!
cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers
avatar
Chocanjo
Membro Fiel
Membro Fiel

Mensagens : 223
Reputação : 9
Data de inscrição : 21/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A juventude e Bento XVI

Mensagem por Karina Estrela em Sex 22 Jul - 0:13

Renan, adorei o seu texto. Parabéns, ficou mto bem escrito. Very Happy

No começo do ano tivemos um retiro de mês do Regnum Christi que foi sobre o Papa. E em maio, o nosso retiro foi no dia da beatificação de João Paulo II, então tudo foi voltado para ele, e vimos a beatificação gravada.

Enfim, desde então, tem aumentado muito em mim o amor pelo nosso Santo Padre. Realmente devemos rezar sempre na sua intenção.

Algo prático que coloquei de propósito para mim mesma. Se eu quiser ler algum livro, priorizasse os livros escritos por um papa. Fiquei imaginando o quanto ele busca nos orientar no caminho certo, quanto tempo ele dedica a nós, quanta paciencia para sempre enviar cartas, encíclicas... Sabe? É muito mais do que um "Oi, tudo bem" que vc fala pra um amigo. É uma preocupação verdadeira, saudável, uma vontade de nos ver no céu com ele.

Adoro esse fórum, tenho que participar mais! Smile
avatar
Karina Estrela
Novo Membro
Novo Membro

Mensagens : 6
Reputação : 0
Data de inscrição : 23/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A juventude e Bento XVI

Mensagem por Renan em Qui 19 Abr - 12:56

Lendo esse tópico hoje no aniversário de sete anos de pontificado do nosso querido sumo pontífice. Esse texto me faz lembrar que tenho de Voltar a me dedicar as leituras de outrora e a escrever aqui no fórum!

Parabéns Bento XVI pelo seu pontificado que enche a Igreja da sã doutrina dos apóstolos de Cristo!

__________________________________________________________________________________________________
O amor não pratica o mal contra o próximo.
Portanto, o amor é o pleno cumprimento da lei. (Rm 13,10)

Servo do Rei.
avatar
Renan
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Mensagens : 629
Reputação : 41
Data de inscrição : 12/03/2011

http://encruzilhada.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A juventude e Bento XVI

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum